Nélson vai ‘treinar’ guarda-redes na universidade

Ver imagem em tamanho realPodia ter integrado a equipa técnica de Carvalhal, mas vai continuar na baliza do Belenenses; De Lucia treinou-o e não lhe poupa elogios, mas diz que “ainda bem” que ele não foi treinar ex-colegas Nélson sempre pensou em seguir a carreira de treinador e aos 34 anos esteve perto de concretizar esse sonho no Sporting, mas a oportunidade de integrar a equipa técnica de Carlos Carvalhal gorou–se. Por isso, vai continuar a defender a baliza do Belenenses e também ensinar no Instituto Superior de Ciências Educativas (ISCE), em Dezembro, na pós-graduação sobre treino de guarda-redes.”Se calhar ainda bem que ele não foi treinar os guarda-redes do Sporting [Tiago, Rui Patrício, Stojkovic e Ricardo Baptista], porque foram colegas dele e não o iam respeitar como alguém que os ensina, mas está pronto para treinar”, explicou Silvano De Lucia ao DN, sem poupar nos elogios. “É um excelente profissional, dará um bom treinador. Sei que anda a preparar-se para isso e o Sporting ganhava muito com o regresso dele”, sublinhou o ex-treinador leonino.De Lucia lembra que o Sporting foi campeão com Schmeichel a sofrer 45 golos, e com Nélson a sofrer apenas 24. E diz que o segredo “é treinar a mente antes do corpo, porque não há guarda-redes completos…”. Treinou Zenga e Schmeichel – “mais fraco tecnicamente do que Nélson, mas muito forte de cabeça, uma verdadeira besta entre os postes, que chegou a melhor do mundo”- e, por isso, diz que tem legitimidade para dizer que “em Portugal não há ninguém melhor que o Nélson, ele tem escola e os outros não”.Schmeichel, o gigante dinamarquês, disse um dia que Nélson tinha sido o melhor com quem tinha trabalhado. Mas, quando Silvano chegou a Alvalade, não era assim: “Disseram-me que só dava para 3.º guarda-redes, e eu disse, não pode, ele é o melhor. Disse-lhe para ficar que ia jogar. Três meses depois, o Schmeichel lesionou-se, ele jogou 19 jogos e fomos campeões. Ofereceram-lhe um contrato de cinco anos e voltámos a ser campeões!”Nélson quer seguir ligado à profissão que desempenhou nos últimos 17 anos (começou no Torreense em 1992). E, sabe o DN, também lamenta que alguém do Sporting tenha questionado as suas habilitações para treinar. Até porque quando foi para o Estrela da Amadora assumiu o papel de defensor de uma equipa com ordenados em atraso e acumulou-o com a baliza e o treino dos guarda-redes.Cansado de ouvir dizer que Portugal não produz guarda-redes de nível mundial, o ex-leão decidiu investir numa escola de guarda–redes. Foi há três anos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: