Vencer Malta e só depois pensar no “play-off”

Os jogadores da selecção portuguesa de futebol garantiram hoje que estão concentrados em vencer quarta-feira Malta, na última jornada do Grupo 1 de apuramento para o Mundial2010, e só depois vão pensar no “play-off”.“O mais importante agora é ganhar o jogo de quarta-feira. Depois podemos pensar nos adversários que nos podem calhar no ‘play-off'”, afirmou Bosingwa.

O lateral do Chelsea considerou que Malta “é uma equipa mais fraca”, mas que o favoritismo luso terá de ser “provado dentro do campo”.

“Sabemos que agora só dependemos de nós para na quarta-feira assegurarmos o apuramento para o ‘play-off’. Sabemos que não vai ser fácil, porque Malta é uma equipa muito defensiva, mas vamos fazer tudo para ganhar”, assegurou.Nani também garantiu que os jogadores ainda não pensam nos possíveis adversários no “play-off”, recordando que Portugal depende de si “para marcar presença no Mundial”.”Temos de ganhar, porque temos capacidade e qualidade para estarmos presentes no Mundial. É só nisso que pensamos”, frisou o extremo do Manchester United.Por seu lado, Pedro Mendes disse que, “para já, não adianta falar de situações hipotéticas” e que agora é necessário “pensar no presente e o presente é Malta” e só depois se pode “pensar no que aí vem”.”É um jogo que queremos vencer e temos de demonstrá-lo desde o primeiro minuto. Temos de tentar marcar e decidir cedo, pôr Malta sobre pressão. É um jogo importante para nós e vamos encará-lo como tal”, afirmou.Apesar da boa exibição contra a Hungria (3-0), Pedro Mendes acredita que ainda não assegurou a titularidade, porque “o professor (Carlos Queiroz) preparou uma equipa para o jogo com a Hungria, mas não quer dizer que seja a mesma que vai jogar contra Malta”.”Para mim é um prazer estar envolvido nos trabalhos da selecção nesta fase decisiva. Foi um prazer enorme jogar contra a Hungria, não o vou esconder. É um prazer enorme voltar a Guimarães, à minha cidade, ao meu clube ao serviço da selecção. Se jogar, muito bem, se não, tudo bem na mesma. Somos um grupo muito forte e vamos vencer e isso é o mais importante”, afiançou.Depois de ter treinado condicionado nos primeiros dias do estágio da selecção, Bosingwa jogou os 90 minutos frente à Hungria (3-0).”Se estive uma semana e consegui aguentar, agora com um jogo e alguns treinos, vou estar melhor”, garantiu o lateral do Chelsea.Sobre a lesão de Cristiano Ronaldo, Bosingwa considerou que era “um jogador importante”, mas que a selecção portuguesa vai conseguir “não sentir a falta”.”É claro que ficamos tristes por ele. Estava a fazer um bom trabalho na selecção e no seu clube. Mas sabemos que os jogadores que estão cá, vão dar o seu melhor para estar no Mundial”, afirmou Nani.O jogador do Manchester United disse ainda que espera jogar, deixando um recado para o inglês Wayne Rooney, seu colega nos “red devils”, que disse que gostaria que Portugal não fosse ao Mundial: “Vou dar-lhe um carolo”.Depois de ter vencido a Hungria, Portugal necessita apenas de um triunfo sobre Malta, quarta-feira, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, para garantir o apuramento para o “play-off” de acesso ao Mundial2010.Os jogadores da selecção portuguesa de futebol garantiram hoje que estão concentrados em vencer quarta-feira Malta, na última jornada do Grupo 1 de apuramento para o Mundial2010, e só depois vão pensar no “play-off”.”O mais importante agora é ganhar o jogo de quarta-feira. Depois podemos pensar nos adversários que nos podem calhar no ‘play-off'”, afirmou Bosingwa.O lateral do Chelsea considerou que Malta “é uma equipa mais fraca”, mas que o favoritismo luso terá de ser “provado dentro do campo”.”Sabemos que agora só dependemos de nós para na quarta-feira assegurarmos o apuramento para o ‘play-off’. Sabemos que não vai ser fácil, porque Malta é uma equipa muito defensiva, mas vamos fazer tudo para ganhar”, assegurou.Nani também garantiu que os jogadores ainda não pensam nos possíveis adversários no “play-off”, recordando que Portugal depende de si “para marcar presença no Mundial”.”Temos de ganhar, porque temos capacidade e qualidade para estarmos presentes no Mundial. É só nisso que pensamos”, frisou o extremo do Manchester United.Por seu lado, Pedro Mendes disse que, “para já, não adianta falar de situações hipotéticas” e que agora é necessário “pensar no presente e o presente é Malta” e só depois se pode “pensar no que aí vem”.”É um jogo que queremos vencer e temos de demonstrá-lo desde o primeiro minuto. Temos de tentar marcar e decidir cedo, pôr Malta sobre pressão. É um jogo importante para nós e vamos encará-lo como tal”, afirmou.Apesar da boa exibição contra a Hungria (3-0), Pedro Mendes acredita que ainda não assegurou a titularidade, porque “o professor (Carlos Queiroz) preparou uma equipa para o jogo com a Hungria, mas não quer dizer que seja a mesma que vai jogar contra Malta”.”Para mim é um prazer estar envolvido nos trabalhos da selecção nesta fase decisiva. Foi um prazer enorme jogar contra a Hungria, não o vou esconder. É um prazer enorme voltar a Guimarães, à minha cidade, ao meu clube ao serviço da selecção. Se jogar, muito bem, se não, tudo bem na mesma. Somos um grupo muito forte e vamos vencer e isso é o mais importante”, afiançou.Depois de ter treinado condicionado nos primeiros dias do estágio da selecção, Bosingwa jogou os 90 minutos frente à Hungria (3-0).”Se estive uma semana e consegui aguentar, agora com um jogo e alguns treinos, vou estar melhor”, garantiu o lateral do Chelsea. Sobre a lesão de Cristiano Ronaldo, Bosingwa considerou que era “um jogador importante”, mas que a selecção portuguesa vai conseguir “não sentir a falta”.”É claro que ficamos tristes por ele. Estava a fazer um bom trabalho na selecção e no seu clube. Mas sabemos que os jogadores que estão cá, vão dar o seu melhor para estar no Mundial”, afirmou Nani.O jogador do Manchester United disse ainda que espera jogar, deixando um recado para o inglês Wayne Rooney, seu colega nos “red devils”, que disse que gostaria que Portugal não fosse ao Mundial: “Vou dar-lhe um carolo”.Depois de ter vencido a Hungria, Portugal necessita apenas de um triunfo sobre Malta, quarta-feira, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, para garantir o apuramento para o “play-off” de acesso ao Mundial2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: